CIPS Certificados 2015

Dia desses estava navegando pelo site do WIP quando deparei com a turma de alunos que em 2015 receberam o título CIPS (Certified Interventional Pain Sonologist) do World Institute of Pain (WIP) e World Academy of Pain Medicine Ultrasonography (WAPMU). Compartilho a foto aqui. Com muito orgulho, eu o Thiago Nouer na publicação. Quem quiser conhecer…

Médicos de Dor na TVB-Record

No sábado, dia 21 de maio, às 14h, foi exibido na TVB-Record, o Programa Grandes Empreendedores com uma entrevista dos três sócios do Singular, Dr. Fabrício Assis, Dr. Charles de Oliveira e Dr. André Mansano. O programa semanal abordou a trajetória das principais empresas e empresários de Campinas e região…confiram!

sugestao leitura livro atul gawande mortais

SUGESTÃO DE LEITURA: MORTAIS

Livro provoca reflexão sobre o que é realmente importante no final da vida de doentes terminais ou doentes graves Após os ótimos artigos dos profissionais especialistas em cuidados no final de vida, gostaria de sugerir um livro escrito pelo cirurgião americano, Dr. Atul Gawande. Autor consagrado, já emplacou três “livros mais vendidos” antes deste. Sempre vejo o…

Manter a “vida” no tempo final da vida: como a morte muda nossa visão.

Convidei o médico anestesiologista e paliativista, Dr. Carlos Marcelo Barros, para relatar sua experiência com pacientes com dor e em fim de vida.   Compartilhamos seu texto aqui: A medicina da dor associada a minha atuação em Cuidados Paliativos mudaram a minha maneira de ver o mundo! Podemos controlar todos os aspectos da nossa vida?…

Notícias maio/2016

Campinas No último fim de semana, esteve no Singular Centro de Dor para o o quarto módulo do VI Curso Singular de Medicina Intervencionista da Dor, o anestesiologista e médico intervencionista da dor, Dr. Ira Fox do “Anesthesia Pain Care Consultants, um dos mais renomados centro de tratamento de dor nos EUA, localizado no Estado da Flórida. Já…

conversando sobre a morte

Você sabe conversar empaticamente com alguém que está morrendo?

Quando alguém tem uma doença crônica incurável, o assunto morte se faz presente e, ao contrário do que se pensa, o processo de morte pode ser um momento de grande aprendizado e crescimento para todos os envolvidos. A sensível médica de Cuidados Paliativos, Ana Claudia Quintana Arantes, em sua palestra para o TEDx FMUSP, afirma…

cartao dia das maes 2016

FELIZ DIA DAS MÃES 2016

Ensinarás a voar … Mas não voarão o teu voo. Ensinarás a sonhar … Mas não sonharão o teu sonho. Ensinarás a viver… Mas não viverão a tua vida. Ensinarás a cantar … Mas não cantarão a tua canção. Ensinarás a pensar… Mas não pensarão como tu. Porém, saberás que cada vez que voem, sonhem,…

A MORTE

Se existe algo igualmente revestido de mistério como a Vida, só pode ser a própria Morte. Falar da poesia da vida e do encantamento da arte de bem viver é convidativo. No entanto, falar da morte para muitos ainda é um tabu. Atualmente nos EUA tem um projeto de ação social chamado “Vamos jantar para falar…

Dra Agnes Stogicza especialista em dor

ENTREVISTA DRA. AGNES STOGICZA, ESPECIALISTA EM DOR

Olá leitores e leitoras, Sempre que recebemos convidados internacionais no nosso curso de medicina intervencionista, suas histórias e trabalho servem de inspiração e aprendizado para nós profissionais brasileiros, nos levando a refletir sobre o cenário de tratamento de dor no país e na região, assim como sobre nosso trabalho de provedores de tratamentos de dor.…

dor pélvica

FISIOTERAPIA NA DOR PÉLVICA CRÔNICA FEMININA

A dor pélvica crônica é uma sensação dolorosa na região da pelve por mais de 6 meses, recorrente ou contínua ¹. Gera um grande impacto na qualidade de vida provocando grande prejuízo emocional, sociocultural, profissional, e financeiro. Acomete mulheres e homens, porém é mais comum nas mulheres em idade reprodutiva. Estima-se que 20% das mulheres…

cientista inspiradora Gerty Cori

CIENTISTAS INSPIRADORAS: GERTY CORI

Mais uma mulher a nos inspirar… Gerty Cori (1896 – 1957) Crescendo no que é hoje a República Tcheca, Gerty Cori sabia que as mulheres eram marginalizados na ciência e na medicina e tinham poucas oportunidades educacionais, mas, com o incentivo de sua família, estava determinado a estudar medicina. Em 1922, ela e seu marido,…